Sobre Santa Maria, opiniões e a vida

Hoje em dia, TODAS as suas ações são julgadas e consequentemente você recebe rótulos, sem sequer ter solicitado um. Se você assiste Big Brother, por exemplo:  “alienado”. Se você reclama de alguma coisa que todos gostam, “revoltadinho”. E pra piorar, se você não está nem aí, é “só mais um sem opinião”. Eu vou ser rotulada com esse post. Você só é uma “mente pensante e intelectual” se diz que está tudo errado, que todos estão tendo suas opiniões corroídas pelo sistema e “UHU, ANARQUIA!”. Com a mídia isso também acontece. Se não mostra nada, é negligente. Se mostra uma novela, está fazendo a cabeça das pessoas que assistem. Se mostra a informação, está sendo sensacionalista e querendo audiência. MAS QUE DROGA! Nesse ponto de vista, até aquele desenho animado que você tanto gostava era SIM para a ganhar audiência, é assim que a mídia televisiva se sustenta! Assim como a galera do Facebook que está postando SUPOSTAS historinhas fofas de depoimentos de família e amigos de vítimas dizendo coisas do tipo “ela morreu e a última coisa que me disse foi que me odiava”, “nós terminamos antes dele morrer”, “casal morreu abraçado”. É tudo uma questão de “likes”. A mídia simplesmente fornece o que a maioria das pessoas querem ver e sempre vai ser assim, acordem. Você pode mudar, mas nada vai sair do lugar enquanto você reclama da alienação das pessoas. O que eu quis dizer com tudo isso de mídia e opiniões é que cada pessoa compra a ideia que quer, ligar ou não a televisão é opcional.

Para a sociedade, basicamente existem três pólos em relação a tragédia de Santa Maria: você é do time “ai-meu-deus-estou-de-luto”, ou do “a-mídia-está-te-alienando”, até mesmo do “vocês-são-hipócritas-e-falsos-moralistas”. E sim, eu já tô de saco cheio disso.

Ninguém mais pode se sensibilizar com as vidas que foram perdidas? “Ah, pessoas morrem todo dia e blá blá blá”. Foda-se. Duzentas e quarenta e cinco pessoas morreram e sim, eu vou lamentar o que eu quiser. Acha que eu não me sensibilizo também com as pessoas que morrem de fome todos os dias? Acha que eu não tenho noção dos problemas que existem no mundo? Acha que eu não sei que países estão em guerra nesse momento? É, sua opinião é descartável. Não vou dizer que estou de luto, mas sim, eu chorei e fico com o coração apertado toda vez que me lembro disso. Pensei na possibilidade de ser um amigo meu. Pensei no que está passando na cabeça dos pais dessas pessoas que tiverem a luz arrancada de forma precoce dos próprios olhos.

“240 pais morrendo por dentro. 240 mães desesperadas ligando para seus filhos para pelo menos ouvir um “tô bem mamãe, fica calma”, mas não, eles nunca vão atender seu telefone, e sua mãe nunca mais ouvirá sua voz.” (Charles Abraão)

“Mas eles não eram seus parentes, blá blá blá…”. Pensei na possibilidade de ter minha vida e meus sonhos interrompidos por um acidente. Quanto aos religiosos fanáticos, não vou dizer nada. E ah, agora não interessa de quem foi a culpa. Eles já se foram.

A única coisa que eu quero pedir é: parem de limitar a si e as suas opiniões. Como eu já disse, “cada pessoa compra a ideia que quer”. Ao invés de ficar julgando o que os outros assistem ou falar da mídia, pare e pense no que aconteceu. Se vai se sensibilizar, tanto faz. Cada um tem o seu jeito de encarar a realidade  (a mídia como dinheiro e a sociedade como notícia) e você , mesmo querendo, não pode mudar o mundo. E alguém com certeza vai me rotular como “conformada” depois disso. Particularmente, tanto faz. Nunca fui muito acostumada a aceitar ideias alheias.

Eu li a opinião de inúmeras pessoas pra chegar ao ponto de ter que desabafar sobre o assunto aqui e… sabe o que eu acho, de verdade? Não ter fé na humanidade parece ter virado moda.

 

PS¹: não estou defendendo ninguém.

PS²: esse texto não é direcionado a ninguém. Se a carapuça serviu, parabéns. Na minha concepção, você é um idiota.

PS³: não escrevi esse texto para debater esse assunto. Formei minha opinião. A-C-A-B-O-U.

 

Hoje, quando eu olhar para as estrelas, só vou pedir que muita luz seja concedida para o mundo.

Para as pessoas que perderam alguém especial, seja em Santa Maria ou em qualquer lugar, para que consigam encontrar algo que os conforte de algum modo.

Para as pessoas que todos os dias se decepcionam, para que possam buscar a solução de seus problemas.

Para as pessoas que sentem saudades, para que possam se sentir abraçadas, nem que seja por um segundo.

Para as pessoas que perderam a perspectiva de vida, para que encontrem seu caminho.

Para as pessoas que perderam a esperança, para que aprendam a lutar pelo o que querem.

Para todos os cegos funcionais que eu conheço e desconheço, que insistem em ver as coisas por um único lado. Esses sim, precisam de muita luz para enxergar as coisas como elas realmente deveriam ser enxergadas. Como elas realmente são ou deveriam ser.

 

.

OBS: indicação do Lume.

“Mais uma vida jogada fora, um coração que já não bate mais, descanse em paz. Sonhos que vão embora, antes da hora. Sonhos que ficam pra trás.”

 

“And you hear, what you want to hear. And they take what they want to take.”

“Drop your guard, you don’t have to be smart all of the time”
“No one really cares or wonders why anymore.”

 

“Forgive them, even if they are not sorry.”

Anúncios

13 comentários sobre “Sobre Santa Maria, opiniões e a vida

  1. PALMAS *CLAPCLAP CLAP CLAP CLAP CLAP CLAP*
    ontem foi o dia do ‘se vc realmente se importa com alguma coisa,coloca no seu perfil um texto sobre Santa Maria’.eu não coloquei msg alguma,não me abalei de ficar vendo TV,pedi para minha mãe tirar do canal de notícias prq eu não gosto de ver nd relacionado a tragédia,pois me sinto mal e entro em depressão.tem muita gente q colocou coisinhas no face,twitter e os caralho a quatro maia para aparecer e ganhar ‘curti’ (isso é um ponto de vista MEU,só para deixar claro,vai q aparece algum nervosinho por aqui HAUSHAUSHUAHSUAHS)e eu acho ridículo isso.vc não é obrigado a compartilhar ‘luto’,’força Santa Maria’ essas coisas se vc não quer,mas parece q o mundo ‘precisa’ q vc faça isso.e é bem isso q vc falou Sara,se vc fica calado,na sua,guardando a sua opinião,vc e hipócrita.
    a única coisa q eu faço,e faço de coração mesmo,é desejar força,muita muita muuuuuiiiita força para família e amigos do pessoal,pois eu sei oq é perder alguém q se ama e mano…é uma dor q não passa,só q agr imagina perder alguém no auge da sua juventude…é foda,é foda.
    então para essas pessoas q ficam colocando essas coisas,xingando Deus e o mundo na internet,seria bom se elas parassem um pouquinho só e desejar força.seja rezando para Deus,ou ajudando Goku na genki dama,fazendo exclamação de Athena,sei la mais oq HUAHSUASHUASHUASH e parar de apontar o dedo e julgar a vida alheia e rotular todo mundo.

    **isso aqui acabo se tornando um desabafo meu tbm USHUAHSUAHSUAHSUAHSA*

    • ALGUÉM ME ENTENDEU, achievement unlocked, amém.
      Eu não postei isso diretamente no Facebook por isso. Não tô com vontade de ganhar likes, de debater minha opinião ou de atingir alguém. Só desabafar.
      O mundo precisa de mais gente com pelo menos o mínimo de senso.
      MUITO obrigada por ter lido esse texto gigante, Mary. De verdade. *-*

  2. Eu concordo contigo Sara, não ter fé na humanidade, e agir com pessimismo hoje em dia virou moda sim, cada passo que damos somo rotulados, mas é aquela coisa, o botão de desligar a TV está ali. Mas não, todo mundo quer se mostrar de certa forma ‘diferente’ com suas opiniões, em um caso como esse, o que é direito de todos afinal vivemos em uma democracia. Entretanto, o mínimo de bom senso e o se colocar no lugar de uma vítima, ao invés de culpar a mídia por simplesmente fazer o seu trabalho de nos informar seja essa forma sensacionalista ou não. Ainda é muito dificil.

    • Mais uma pessoa que me entendeu!
      Realmente, é muito mais cômodo reclamar e se mostrar uma pessoa cheia de atitude do que tentar fazer algo para mudar alguma situação, ou no caso de uma situação que não dá pra mudar, como essa, calar a boca e enxergar o que está acontecendo. Só espero que esse acontecimento sirva de exemplo. Pelo menos isso.
      “Comodismo é um mal parasitário.”
      Obrigada pela visita e por comentar, Matheus. 😀

  3. Disse tudo.. Ontem eu fiquei com nojo do tanto que as pessoas se aproveitam das tragédias dos outros para se promover.. Patético.. E ainda tive que ouvir de uma conhecida falar:
    – Cynthia tu tá sabendo o que aconteceu?
    – Tô sim, pq?
    – valha como vc é insensível.. tá de luto não?
    Apenas me calei.. não tinha estômago pra discutir com esse tipo de gente.

    • Ah, como é legal ver você por aqui, Cynthia! 😀
      Pois é. As pessoas estão sendo extremistas demais com essa situação, já tá chato. Acho que, quem realmente tem coração, se sensibilizou pelo menos um pouquinho, mas pra se sensibilizar não é preciso ficar de luto. Se fosse assim, viveríamos de luto pelas pessoas que morrem de fome, que são assassinadas, que sofrem acidentes… todos os dias.
      Obrigada por passar aqui e ler tudo isso, Cynthia, fiquei feliz! 😀

  4. Sarinha! Parabéns! 🙂

    Com certeza você colocou em palavras, os pensamentos de várias pessoas, e confesso, inclusive o meu. É chato sim, ligar a TV e ficar vendo a mesma notícia repetidas vezes, é angustiante, eu, que já sou formada e passei quatro anos indo a festas universitárias, pensar que era uma coisa que podia ter acontecido comigo, com as minhas amigas, mas a mídia está apenas fazendo a parte dela!

    Sobre o luto que o Brasil está vivendo, é algo natural. Nós, jovens adolescentes e adultos, pensamos que poderiam ser nós, nossos amigos. Nossos pais, tios, avós, imaginam que poderiam ter perdido um filho, um sobrinho, um neto. Não é porque nem eu nem você não perdemos algum conhecido nessa tragédia, que não podemos nos sensibilizar.

    Sobre a fé na humanidade ter virado moda, concordo. Mas ainda sou daquelas ‘faith in humanity restored’. Minha amiga perdeu um colega de trabalho nessa tragédia, porque ele saiu da boate, sentiu falta da irmã do amigo e voltou para salvá-los. Apesar dele ter perdido a vida nesse salvamento (sim, ele conseguiu salvar os dois!), a última atitude dele foi nobre e digna, e de muita coragem. Então eu ainda acredito na fé na humanidade.

    Parabéns pelo post querida. *o*
    Beeijos!

    PS: Estou esperando sua cartinha ansiosamente. 🙂

    • Lí, sua linda, obrigada por ter vindo aqui também.
      É muito bom saber que existem pessoas que compartilhem da minha opinião, é confortável, sabe?
      Você entendeu exatamente tudo o que eu quis passar e eu fico muito feliz com isso.
      Eu também sou team “faith in humanity restored”. Eu prefiro estar sempre tentando ver o lado positivo das coisas. Mesmo que eu não seja uma grande otimista em relação a mim, eu prefiro ver o'” “brightside” do mundo e pensar que ainda há solução para as coisas. Cansei de gente fatalista.
      Não sei se você sabe, mas eu sou extremamente sentimental, manteiga derretida, seja lá como você queira chamar. E eu estou chorando com um sorriso no rosto pela atitude do colega da sua amiga. Que coisa mais linda, Lí. Acho que alguém assim merece ser muito recompensado em outras vidas (se isso existir, sei lá… merece de alguma forma!). Não tem como não acreditar que ainda haja um jeito para o mundo depois de ler isso. :’)
      Muito, MUITO obrigada por passar por aqui! ♥
      Beijos.

      PS: E eu estou ansiosa pra saber se você vai gostar, hehehe.

  5. Eu AMEI seu texto Sara!
    E concordo com tudo e ainda queria falar mais tb.. rs
    Tipo, o mundo ta BEM “mal” de pessoas, mas ainda bem que a MAIORIA ainda sao do bem, senao o mundo ja teria acabado ha mto tempo!
    Eu sinceramente nao entendo o que passa na cabeca dos outros hj em dia. Isso de “julgar” ta MTO errado.. e eh toda e qualquer situacao!
    Eles nao se poe no lugar, parecem que nao tem coracao/alma, tao ali pra “meter o pau” e pronto.
    Eu acho meio impossivel nao ter um ser humano que nao se sensibilize com uma tragedia dessa! independente se soube pela midia, se estava la ou se alguem contou.
    Isso FOI uma tragedia e ponto! “as pessoas ja se foram e ja era”, infelizmente sim, infelizmente eles se foram e nao vao voltar. MAS… isso pode acontecer novamente se o povo nao comecar a acordar e tomar conta do que eh DELE! (no caso meu post foi pra revolta do que “poderia ter sido feito ANTES disso acontecer”).
    E sinceramente, nos, sozinhos, EU somente, nao posso mudar o mundo! MAS, posso fazer minha parte e se TODOS fizessem tb, eu acredito que o mundo poderia ser melhor sim!

    Entao independente do que qualquer um pense, sejamos nos mesmo SEMPRE!
    EH ISSO que eu acho que ta faltando nas pessoas.
    E usemos a midia da maneira CERTA, pra nos revoltar, mandar todo mundo ir a m#rd@ e lutar pelo que a gente acha que eh certo, mesmo que isso seja SO nossa opiniao, juntando com mtas opinioes iguais, a coisa muda! quem sabe os verdadeiros cabeca de vento nao aprendem alguma coisa! (agua mole e pedra dura..bla bla)

    Bom, chega de falar neh Paula.. rs
    Acho que deu pra ver que assim como vc, eu estou triste E revoltada.
    E sinceramente, eu desejo muitas mudancas pro Brasil! pra minha cidade, pro meu Estado, pro meu pais, mas PRINCIPALMENTE, pras pessoas do Brasil.
    E espero do fundo do coracao, que isso nunca mais aconteca DEFATO! :/

    Ontem mal vi tv, pois nao queria mais ouvir nesse assunto.
    Hoje eh capaz que continue, mas nada que um bom filme e uma boa oracao nao resolvam ;]
    E vamos la neh! ;]

    Adorei muito tudo que vc disse e sao mais jovens como vc que o nosso Brasil precisa ;]
    Beijos!!!!

    • Fico feliz de te ver por aqui, Paula. 😉
      Sim, quando eu li seu post eu percebi sua indignação.
      Exatamente por isso que eu disse que uma única pessoa não pode mudar as coisas. Se as pessoas se unissem para fazer algo certo, talvez o mundo estivesse numa situação bem melhor, em que nós não teríamos que nos indignar com nós mesmos e não veríamos na TV situações como essa.
      Eu também não assisti televisão ontem. Até de madrugada os jornais ainda transmitiam AS MESMAS COISAS, AS MESMAS PERGUNTAS, AS MESMAS RESPOSTAS, AS MESMAS SITUAÇÕES.
      Me irrita isso.
      Muito obrigada por comentar. ♥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s