Blogagem Coletiva: Analisando meu blog

Oi, como vai você?

Vim aqui hoje fazer uma análise sobre o HLH, meu bebê que já tem quase 4 anos e também é conhecido como o primeiro blog do qual eu não desisti. Vamos lá?

 

 

 

image4

 

O nome do blog foi escolhido de forma aleatória e totalmente desproposital. No dia 1º de janeiro de 2014, eu criei um Tumblr com esse mesmo nome e em maio resolvi criar o blog, aqui no WordPress. Não faço a menor ideia de como escolhi as palavras, mas, de certa forma, tem muito a ver comigo. Ele representa uma parte de mim fora de mim mesma, como gosto de dizer. Sabe aquele cantinho favorito da sua casa, onde você vai para ficar refletindo um pouco sobre a vida ou só para ficar sozinho por um tempo? O HLH é esse cantinho para mim, onde eu escrevo o que tenho vontade, desabafo etc..

Como eu escrevo sobre o que eu quero, acabo escrevendo sobre tudo, mas acho que o meu assunto preferido acaba sendo meu cotidiano. De algum tempo para cá, isso ficou bem visível no blog, já que eu mudei e ele mudou junto; meu crescimento refletiu nele. Hoje vemos um HLH com menos coisas que se vê em todo blog e mais… “eu”.

Mesmo sendo um minúsculo (em relação aos famosinhos e rentáveis), ele é gigante pra mim. Gente com quem eu mal falo vem me dizer que curte o que eu escrevo e a forma como eu o faço, que gosta das minhas fotos, vem comentar algo sobre o que eu postei, vem pedir post porque já leu os antigos milhares de vezes… Sem contar as delícias de ouvir elogios como “criativa”, “organizada”, “inspiradora” e coisas do tipo. Logo eu, uma mera mortal. Isso. É. Demais. Quem não tem blog não faz ideia da sensação de dever cumprido e de estar fazendo algo legal que esse tipo de coisa traz. Já ouvi diversos conselhos sobre monetizar o blog, fazer parcerias e tal, mas muita gente não entende o quanto a “profissão blogueira” dá trabalho, requer tempo e dedicação. Não sei se eu estou em uma fase da vida para arriscar tanto assim. Quem sabe outra hora. Por enquanto, quero continuar desse jeitinho, na calma, com meus 200 views diários e muito amor vindo das pessoas que o leem. Isso é algo que dinheiro nenhum paga.

bc

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva do grupo Rotaroots, que “visa incentivar a escrita livre de cagações de regra, além de resgatar a velha motivação de compartilhar situações e fatos cotidianos como nos velhos tempos”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s