Meus 20 anos e a crise de meia meia-idade

image

Oi, como vai você?

Quem convive comigo sabe o quanto eu estava reclamando sobre a chegada dos meus 20. A verdade é que só reclamei por ser uma pessoa nostálgica demais e que acha que o tempo passa muito rápido.

Parece que foi ontem que eu vim ao mundo, naquele 4 de janeiro de 1996, o dia em que São Paulo parou por causa de uma S U P E R C H U V A, e hoje estou aqui, na metade da faculdade, trabalhando, namorando, cheia de metas, boletos para pagar e planos para o futuro.

Dizem que depois dos 20, tudo passa ainda mais rápido e é só por isso todo o meu “mimimi”. Isso dá uma sensação de impotência que eu nunca tinha experimentado e é, basicamente, um grande tapa na cara da vida. Começam a surgir alguns auto-questionamentos, como “o que você já conseguiu? aonde vai estar daqui a 10 anos? quais são os seus sonhos?” seguidos de um “acorda pra vida, garota! o tempo tá passando”. Foi-se a época em que minha maior responsabilidade era passar o lápis por cima do pontilhado e isso é meio assustador, mas a gente supera.

Eu não poderia ser mal-agradecida ao ponto de reclamar de uma vírgula da minha vida. Muito pelo contrário: sou muito grata por tudo o que já me aconteceu, pois se qualquer coisa fosse diferente eu não seria como sou hoje e acreditem… Amor próprio não me falta. Sou grata pelas pessoas certas e erradas que já conheci, afinal aprendi algo com cada uma delas, pelas que entraram e pelas que saíram do meu redor (é a seleção natural da vida…), mas principalmente pelas pessoas incríveis que estão no meu coração (e nem é preciso citar nomes, essas pessoas sabem).

O que eu posso dizer é que são 20 anos de muita chuva, gratidão e felicidade. E que esses 20 anos se multipliquem pelo menos mais umas 5 vezes. A vida é linda, mas essa fase é incrível.

Obrigada, obrigada, obrigada.

 

Até logo (: xx

Anúncios

Um comentário sobre “Meus 20 anos e a crise de meia meia-idade

  1. Pode parecer bem clichezão, mas que saudade das minhas crises de 20 anos, agora as crises de 25 são piores (não querendo te desanimar haha), mas passa, tudo passa e a gente consegue ficar de bem com a idade, seja ela qual for!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s